Grafite de jovem brasileira pode entrar para o Guinness Book

SÃO PAULO, 20 JUN (ANSA) - O painel "Contos", pintado pela artista Luna Buschinelli, de 19 anos, no Rio de Janeiro, poderá ser reconhecido pelo Guinness Book , o livro dos recordes, como o maior grafite do mundo feito por uma mulher.   


A obra possui 2.500m² e foi produzida nos muros da Escola Municipal Rivadávia Corrêa, na Avenida Presidente Vargas, no Rio de Janeiro.   


O grafite demorou 45 dias para ficar completamente pronto, com Luna trabalhando por um mês das 8h às 18h. Ele retrata uma mulher e duas crianças, que formam uma família liderada por uma mãe solteira.   


"É a imagem da mãe analfabeta que conta histórias lúdicas para seus filhos com tanta riqueza de detalhes, que parece estar mesmo lendo o livro", disse a artista.   


O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, definiu a obra como uma "imagem inspiradora". Atualmente, o grafite "Etnias", realizado pelo brasileiro Eduardo Kobra, foi eleito pelo Guinness, em 2016, como o maior do mundo, com 2.600m². A pintura também está no Rio de Janeiro, localizado no Boulevard Olímpico da Praça Mauá. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos