Saiba quem são os principais grupos terroristas do mundo (2)

SÃO PAULO, 20 JUN (ANSA) - Por Luciana Ribeiro - (continuação...) Talibã O grupo Talibã é um grupo político que atua no Paquistão e Afeganistão. O grupo comandou o Afeganistão desde 1996 até 2001, quando os EUA invadiram o país após os atentados de 11 de setembro.   

Criado pelo mulá Mohammad Omar em 1994 em meio à guerra civil, o grupo sempre teve como objetivo retomar o poder no Afeganistão.   

Ele atua também no Paquistão. O Talibã é liderado por Akhtar Mansour e é responsável por tentar assassinar a vencedora do Nobel da Paz, a paquistanesa Malala Yousafzai.   

Boko Haram Boko Haram significa "a educação ocidental é pecaminosa" em hausa, idioma mais falado no norte da Nigéria. O grupo é uma organização anti-Ocidental que quer implantar a sharia - lei islâmica - no país.   

Fundado em 2002, a organização só ganhou notoriedade maior em 2014 com o sequestro de 276 meninas de uma escola em Borno. Os atentados mais radicais aconteceram em 2009, quando o então líder e fundador, Mohammed Yusuf, foi assassinado pela polícia nigeriana.   

Nascido de uma seita, o grupo foi declarado terrorista pelo departamento de Estado norte-americano em novembro de 2013. Seu objetivo é destruir o governo nigeriano e criar outro baseado nas leis islâmicas. O Estado Islâmico e a Al-Qaeda são seus aliados.   

Hamas O Hamas é considerado a maior organização islâmica nos territórios palestinos da atualidade. Um de seus criadores foi o xeque Ahmed Yassin, que pregava a destruição de Israel.   

Seu nome é a sigla em árabe para Movimento de Resistência Islâmica. O grupo surgiu em 1987, após a primeira intifada, palavra que significa "revolta", contra a ocupação israelense na Cisjordânia e na Faixa de Gaza.   

Considerado também um partido político, o Hamas atua nos territórios da Palestina, tendo como objetivo a destruição do Estado de Israel e a consolidação do Estado da Palestina.   

Al Shabab O Al Shabab (A Juventude, em árabe), atua na Somália, Quênia, Etiópia e Djibuti. São afiliados da Al-Qaeda e buscam constituir um estado islâmico na região.   

O grupo foi responsável por um ataque suicida duplo na capital de Uganda, Kampala, que matou 76 pessoas que assistiam pela televisão à final da Copa do Mundo de futebol da África do Sul, em 2010. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos