Johnny Depp pede desculpas por brincadeira com Trump

ROMA, 23 JUN (ANSA) - Horas depois de realizar comentários polêmicos sobre o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, o ator norte-americano Johnny Depp pediu desculpas pelo seu comportamento. Em um comunicado enviado à revista "People", o artista disse que não teve intenção de "ferir ninguém", apenas de "divertir as pessoas". "Peço desculpas pela brincadeira de mal gosto que fiz na noite de ontem sobre o presidente Donald Trump. Não foi entendido como eu pretendia, foi um comentários sem maldade. Só queria divertir as pessoas, não ferir ninguém", explicou Depp. No entanto, em nota, a Casa Branca condenou o posicionamento do astro de "Piratas do Caribe". "O presidente Trump condena a violência em todas as suas formas e é triste que outros, como Johnny Depp, não tenham seguido o seu exemplo", afirma o texto.   


(ANSA)

Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos