Governo saudita revela ter impedido atentado em Meca

ROMA, 26 JUN (ANSA) - As autoridades da Arábia Saudita informaram no final de semana que impediram um atentado terrorista contra a Grande Mesquita que fica na cidade "sagrada" de Meca. O local estava repleto de fiéis muçulmanos que celebravam o fim do Ramadã, o "mês sagrado" do Islã.   

Em um comunicado do Ministério do Interior, o governo informou um homem-bomba planejava o ataque e se explodiu quando as forças de segurança cercaram o prédio onde ele estava escondido.   

Ao menos 11 pessoas ficaram feridas na explosão, incluindo cinco agentes da polícia, por conta da queda do prédio de três andares. Ainda conforme o comunicado, cinco pessoas foram presas acusadas de ajudar a planejar os ataques. Ao todo, foram descobertos três atos terroristas, sendo dois contra Meca e um na cidade de Gedda.   

Todos os anos, Meca recebe mais de um milhão de peregrinos durante o Ramadã, já que visitar a cidade uma vez na vida, para quem tem condições financeiras, faz parte das regras do Islã.   

(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos