Novo ciberataque atinge empresas na Rússia e Ucrânia

MOSCOU, 27 JUN (ANSA) - Um novo grande ciberataque está atingindo empresas e entidades da Rússia e da Ucrânia, informaram as autoridades dos dois países nesta terça-feira (27). Entre os afetados, está a central nuclear de Chernobyl e a gigante do petróleo russa Rosneft.   

De acordo com o site ucraniano "Kromadske", a Agência Nacional para gestão da área contaminada pelo desastre nuclear informou que os sistemas internos "estão funcionando normalmente", mas que o sistema que controla o nível de radiação "está parcialmente fora de serviço".   

Por sua vez, Moscou informou que os sistemas de informática da administração presidencial estão funcionando "regularmente" e que apenas entidades sem ligação direta à Presidência registram alguns problemas.   

Além disso, o sistema de pagamento bancário de Kiev não está funcionando e os voos do aeroporto de Borispil, ainda na Ucrânia, registrou atrasos. Do lado russo da fronteira, os sistemas da Bashneft, da Mars e da Nivea foram afetados.   

De acordo com a empresa de segurança Group-IB, o vírus que causou o problema foi identificado como "Petya" e não uma versão do "WannaCry", que atingiu mais de 150 países no mês de maio.   

(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos