Trumpcare pode prejudicar mais de 22 milhões nos EUA

NOVA YORK, 27 JUN (ANSA) - Uma estimativa divulgada pelo Comitê de Orçamento do Congresso dos Estados Unidos prevê que o projeto de lei Trumpcare para reformar o sistema de saúde Obamacare, criado pelo ex-presidente Barack Obama, poderá deixar mais de 22 milhões de pessoas sem seguro até 2026.   

De acordo com o relatório, mais de 15 milhões deixariam de ter a cobertura já no próximo ano, uma vez que ao contrário do sistema criado por Obama que obriga a todos os norte-americanos a contrarem um seguro saúde, a proposta do governo republicano derruba essa obrigatoriedade.   

Segundo o texto, a eliminação de subsídios também levaria a um aumento desse número nos anos seguintes. Além disso, a medida também reduzirá a expansão do programa "Medicaid", serviço público para quem está fora do mercado privado, sob a justificativa de diminuir as despesas do governo.   

O projeto do Trump ainda livra as grandes empresas da necessidade de garantirem planos de saúde a seus funcionários.   

Estima-se que o Trumpcare resultaria em uma redução do deficit público de US$321 bilhões em 10 anos. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos