Ciclista italiano de 14 anos é pego no doping

ROMA, 28 JUN (ANSA) - Um ciclista de apenas 14 anos foi flagrado em um exame antidoping na Itália, em um caso que representa um recorde negativo na história do país.   


Segundo fontes ouvidas pela ANSA, o adolescente testou positivo para o anabolizante mesterolona antes de uma prova regional. O episódio chocou a comunidade esportiva italiana, que viu o doping romper uma de suas últimas fronteiras.   


"Recorrer ao doping no esporte já é algo criminoso. Em um caso como esse, estamos frente a um crime contra a humanidade", disse o médico italiano Carlo Tranquilli, uma das maiores autoridades do país no combate ao uso de substâncias ilícitas em competições.   


"É loucura. Estamos muito além de um delito ordinário. É uma coisa fora de qualquer lógica e indica que esses garotos estão cercados por verdadeiras organizações criminosas", acrescentou.   


O menino, que não teve o nome divulgado, foi suspenso preventivamente.   


Segundo Tranquilli, a mesterolona pode causar efeitos colaterais nocivos ao organismo, ainda mais em alguém tão jovem.   


"Administrá-la a alguém de 14 anos quer dizer arruiná-lo no auge de seu crescimento, porque isso pode ter efeitos hormonais em nível sexual, cardiovascular e até cancerígeno", disse o médico.   


(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos