Contagem de mortos na Grenfell Tower pode durar até 2018

LONDRES, 28 JUN (ANSA) - A Polícia Metropolitana de Londres informou nesta quarta-feira (28) que o número total de mortos no incêndio na Grenfell Tower, ocorrido em 14 de junho, não deve ser conhecido antes de 2018.   

Segundo a Scotland Yard, ainda não é possível fornecer um balanço definitivo devido à dificuldade para encontrar e identificar os corpos. Atualmente, a Polícia fala oficialmente em "cerca de 80 vítimas".   

Em entrevista coletiva, a superintendente Fiona McCormack, responsável pelas investigações, disse que a maioria das pessoas mortas estava em 23 dos 129 apartamentos do edifício residencial, entre o 11º e o 23º andar - a torre tinha 24.   

Para fazer a estimativa de 80 vítimas, a Polícia contatou moradores de 106 apartamentos da Grenfell Tower, que forneceram uma ideia sobre a quantidade de desaparecidos. A entrevista de McCormack foi concedida após acusações de que as autoridades estavam escondendo o número de mortos para encobrir o custo humano da tragédia.   

A Polícia Metropolitana de Londres diz que o incêndio foi causado por um curto-circuito em um freezer e que as chamas se espalharam graças a um revestimento de material inflamável instalado na fachada do prédio. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos