Após terremoto, arquivos históricos são recuperados em Nórcia

NÓRCIA, 3 JUL (ANSA) - Cerca de sete mil documentos mantidos no arquivo histórico da cidade de Nórcia, na Itália, foram catalogados e acrescentados nas prateleiras da seção de Arquivos do Estado de Spoleto. A recuperação acontece meses após a série de terremotos que devastou os bens culturais da região.   


"O terremoto pôs em risco toda a herança, mas graças à contribuição e trabalho de muitas pessoas, em poucos meses, fomos capazes de transferir os documentos preciosos, que agora estão à disposição de todos que desejam consultá-los", disse à ANSA Luigi Rambotti, responsável pela seção do local.   


Entre os documentos há pergaminhos, desenhos e até mesmo um fragmento hebraico de Toseft, lei do judaísmo. Todos relembram a história da cidade destruída pela violência do terremoto no ano passado. "Nós também assumimos o arquivo da cidade de Preci e por isso, agora, temos algo em Spoleto. Uma história contada através de documentos, manuscritos e desenhos", acrescentou.   


Nórcia é tida como a cidade mais afetada pelo terremoto que atingiu a região em outubro, assim como Amatrice que foi atingida pelo abalo sísmico de 24 de agosto. Localizada na região da Úmbria, província de Perúgia, Nórcia tem cerca de 4,6 mil habitantes e uma área de apenas 274 km². (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos