Desemprego na Itália volta a subir e atinge 11,3% em maio

ROMA, 3 JUL (ANSA) - A taxa de desemprego na Itália no mês de maio voltou a subir e fechou o mês em 11,3%, informou o Instituto Italiano de Estatísticas (Istat) nesta segunda-feira (3). O aumento de 0,2% veio após uma queda em abril.   

De acordo com o Istat, o mês registrou 51 mil ocupados a menos que abril, mas 141 mil a mais na comparação com o mesmo período de 2016.   

Nas faixas etárias, houve um aumento no número de desempregados acima dos 50 anos e de funcionários com contratos delimitados.   

Além disso, foi registrada uma alta na taxa de desocupação nos jovens entre 15 e 24 anos. Agora, são 37% desempregados nessa faixa, com um aumento em 25 mil no número de pessoas que está a procura de trabalho. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos