França prende 'nacionalista' que queria assassinar Macron

PARIS, 3 JUL (ANSA) - A França anunciou a prisão um homem de 23 anos que planejava assassinar o presidente do país, Emmanuel Macron, durante o desfile do dia 14 de julho, quando os franceses comemoram a Queda da Bastilha.   

A prisão, anunciada nesta segunda-feira (3), ocorreu no norte de Paris, no subúrbio de Argentuil na semana passada.   

O jovem se definia como um "nacionalista" de extrema-direita e tentou resistir a prisão ao enfrentar os policiais com uma faca de cozinha. Além disso, foram encontradas "duas armas brancas" na residência.   

A operação policial foi iniciada após denúncias de usuários de um site de jogos, que denunciaram o homem que estava procurando fuzis kalashnikovs (AK-47) para comprar. No último sábado (1), ele foi indiciado formalmete por planejar um ataque terrorista e agora responderá pelo crime na Justiça. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos