PF prende ex-ministro Geddel Vieira Lima

SÃO PAULO, 3 JUL (ANSA) - A Polícia Federal prendeu nesta segunda-feira (3) o ex-ministro Geddel Vieira Lima durante uma ação na Bahia. De acordo com a entidade, ele foi alvo de um pedido de prisão preventiva, ou seja, sem prazo determinado para acabar.   


O ex-ministro foi preso no âmbito da Operação Cui Bono, que investiga um esquema de corrupção dentro da Caixa Econômica Federal e, segundo nota da Procuradoria da República em Brasília, Geddel foi alvo de um pedido de prisão por "obstrução de justiça".   


A base para a solicitação da detenção foi feita sobre os depoimentos de Lúcio Bolonha Funaro, do empresário Joesley Batista e por um diretor jurídico da holding J&F, Francisco Assis e Silva.   


Ainda de acordo com a Procuradoria, foram citadas mensagens enviadas à esposa de Funaro. Ele estaria agindo para impedir que Funaro e o ex-deputado Eduardo Cunha fechassem um acordo de delação premiada com a Justiça.   


Geddel foi ministro-chefe da Secretaria do Governo, entre maio e novembro de 2016, durante o governo de Michel Temer. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos