Trump liga para China e Japão e pede pressão sobre Coreia

WASHINGTON, 03 JUL (ANSA) - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, conversou com o mandatário da China, Xi Jinping, e o primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, para reiterar a importância de se aumentar a pressão sobre a Coreia do Norte.   

Os telefonemas ocorreram no último domingo (2), três dias depois de Washington ter aprovado novas sanções contra Pyongyang por conta de seu programa balístico e nuclear. Em sua conversa, Trump e Xi Jinping se comprometeram com a desnuclearização da península da Coreia, mas também abordaram temas econômicos.   

Ao longo dos últimos meses, o presidente dos EUA acusou Pequim de ser conivente com o regime de Kim Jong-un - as sanções da semana passada atingem inclusive um banco e dois cidadãos da China, principal parceira comercial da Coreia do Norte.   

Já com Abe, aliado dos Estados Unidos na Ásia, Trump afirmou que os dois países devem estar prontos para "se defender" de uma eventual ação de Pyongyang, que já realizou pelo menos quatro testes balísticos desde o último mês de maio.   

A tensão na península vem se elevando ao longo de 2017, com recorrentes trocas de ameaças entre Washington e o governo de Kim Jong-un. Em determinado momento, a China chegou a dizer que o perigo de uma guerra na região era "grande".   

Para pressionar a Coreia do Norte, os EUA enviaram à península o porta-aviões USS Carl Vinson e navios destroyers. Em resposta, Pyongyang prometeu afundar a embarcação com apenas "um ataque".   

(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos