Após 50 anos, obra de Michelangelo será exposta na Itália

FLORENÇA, 13 JUL (ANSA) - Uma das esculturas mais famosas e frágeis do escultor Michelangelo, "Dio Fluviale" ("Deus do Rio", em tradução livre), voltará a ser exposta após ficar mais de 50 anos guardada em um depósito do museu Buonarroti, em Florença. A obra, que é de propriedade da Academia de Artes do Desenho de Florença, passou por uma detalhada restauração de três anos e será uma das protagonistas de uma grande exposição sobre o Renascimento no Palácio Strozzi, na mesma cidade toscana. Depois voltará à ficar exposta na Academia.   


O meticuloso trabalho de recuperação, liderado pela restauradora Rosanna Moradei em conjunto com o instituto Opificio delle Pietre Dure, só foi possível graças à contribuição de 32 mil euros da fundação "Amigos de Florença".   


A escultura é considerada uma das mais frágeis feitas por Michelangelo devido ao material que foi produzida. Formada por madeira, argila, lã e cânhamo, ela precisou de um trabalho lento e cuidadoso de restauração. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos