Federer derrota Berdych e chega a sua 11ª final em Wimbledon

ROMA, 14 JUL (ANSA) - O tenista suíço Roger Federer, 35 anos, derrotou nesta sexta-feira (14) o tcheco Tomás Berdych por 3 sets a 0 e se classificou para disputar a final do torneio de Wimbledon pela 11ª vez em sua carreira.   


Federer fez parciais de 7-6, 7-6 e 6-4 e enfrentará na decisão o croata Marin Cilic, que bateu o norte-americano Sam Querrey por 3 a 1 (6-7, 6-4, 7-6 e 7-5).   


O suíço já foi campeão em Wimbledon em sete ocasiões (2003, 2004, 2005, 2006, 2007, 2009 e 2012) e perdeu três finais: em 2008, para o espanhol Rafael Nadal, e em 2014 e 2015, para o sérvio Novak Djokovic.   


"Me sinto um privilegiado, quase não posso acreditar. No ano passado, fiquei parado por seis meses depois de Wimbledon, tive a oportunidade de entender como será minha vida depois do tênis.   


Mas também fiz meu corpo descansar. Não era certeza que eu voltaria, mas estou de novo na quadra central de Wimbledon, onde todos os tenistas gostariam de estar ao menos uma vez", disse Federer.   


Ele tem 18 títulos em torneios de Grand Slam e em 2017 já venceu o Aberto da Austrália. A grande final será disputada no próximo domingo (16), um dia depois da decisão feminina, entre a espanhola Garbiñe Muguruza e a norte-americana Venus Williams.   


(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos