Na Rússia, Ronaldinho Gaúcho descarta volta aos gramados

MOSCOU, 17 JUL (ANSA) - O brasileiro Ronaldinho Gaúcho afirmou neste domingo (16) que não pretende mais voltar aos gramados para disputar partidas oficiais. A informação foi dada pelo próprio durante a primeira partida do Akhmat Grozny, antigo Terek, em um amistoso na Chechênia, na Rússia.   


"Sem chance", respondeu o ex-melhor do mundo de 37 anos ao ser questionado por fãs e por dirigentes chechenos. Havia rumores de que o craque poderia ir para a Rússia por uma temporada. No estádio, o convidado de honra deu o pontapé inicial do jogo e acompanhou a partida ao lado do controverso líder checheno Ramzan Kadyrov. O nome do clube inclusive mudou por conta de uma indicação de Kadyrov, que quis fazer uma homenagem ao ex-líder checheno Akhmat Kadyrov, ex-separatista que depois mudou para o lado de Moscou e que é pai de Ramzan. Ironicamente, Akhmat foi morto em um atentado em 2004 em frente ao próprio estádio de Grozny. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos