Brasil engrossa coro e pede que Maduro cancele Constituinte

SÃO PAULO, 18 JUL (ANSA) - O governo brasileiro emitiu uma nota nesta segunda-feira (17) em que pede que o presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, não leve adiante o plano de convocar uma Assembleia Constituinte no país.   


"O governo brasileiro exorta as autoridades venezuelanas a cancelarem a convocação de uma assembleia nacional constituinte, cujas regras violam o direito ao sufrágio universal e o próprio princípio da soberania popular", escreveu em nota divulgada pelo Ministério das Relações Exteriores.   


Segundo o comunicado, o plebiscito organizado pela Assembleia Nacional, que é dominada pela oposição a Maduro, "mostra inequívoca vontade do povo venezuelano de pronta restauração do estado democrático de direito no país".   


No domingo (16), em um plebiscito informal, cerca de sete milhões de venezuelanos foram às urnas e 98% dos eleitores rejeitaram a ideia de reformar a Constituição conforme o atual mandatário deseja.   


"O Brasil espera que a vontade popular expressa na consulta inspire a busca de uma negociação efetiva a favor da paz e da democracia na Venezuela", escreve ainda o Itamaraty na nota.   


Convocada por Maduro para o dia 30 de julho, a nova Constituinte prevê uma mudança no sistema eleitoral e amplia os poderes do presidente. Se levada adiante, ela elegerá os 545 membros de uma Assembleia Constituinte, que reescreverá a Carta Magna da Venezuela e dissolverá as instituições do Estado.   


O projeto foi duramente criticado por diversos governos internacionais, como da União Europeia e dos Estados Unidos, sendo que Donald Trump afirmou que Maduro "sonha em ser um ditador".   


Contra o projeto, milhares de venezuelanos estão indo diariamente às ruas desde o início de abril para protestar contra a decisão de Maduro. Segundo dados oficiais, 95 pessoas já morreram nessas manifestações em várias partes do país.   


(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos