Comissão marca depoimentos de genro e filho de Trump

NOVA YORK, 20 JUL (ANSA) - A Comissão de Inteligência do Senado marcou para 24 e 26 de julho as audiências de Jared Kushner e Donald Trump Jr., genro e filho mais velho, respectivamente, do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, sobre o "Russiagate".   

No caso do marido de Ivanka Trump, a sessão será a portas fechadas. Já o depoimento do primogênito do magnata será público, assim como o do ex-chefe de campanha do mandatário, Paul Manafort, que falará à comissão no mesmo dia.   

As audiências foram marcadas no âmbito da investigação sobre a suposta interferência da Rússia nas eleições presidenciais de 2016, quando o Kremlin teria patrocinado ataques cibernéticos para prejudicar a democrata Hillary Clinton.   

Kushner foi convocado pela Comissão de Inteligência por conta de suas reuniões com representantes de Moscou durante a campanha eleitoral e o período de transição de governo.   

Já Trump Jr. e Manafort darão explicações sobre seu encontro com uma advogada russa em junho de 2016, acreditando que ela tinha informações comprometedoras sobre Hillary. Kushner também participou da reunião. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos