Congresso dos EUA chega a acordo para novas sanções a Rússia

WASHINGTON, 22 JUL (ANSA) - O Congresso dos Estados Unidos chegou a um acordo para aprovar um novo pacote de sanções contra a Rússia pela suposta interferência nas eleições norte-americanas de 2016 e pelas ações militares na Ucrânia e na Síria. O acordo alcançado entre republicanos e democratas do Senado e da Câmara vai contra as intenções do presidente Donald Trump, que se opõe a novas sanções. Além das novas punições à Rússia, o texto prevê outros procedimentos econômicos à Coreia do Norte e ao Irã e poderá ser aprovado nos próximos dias pelo Congresso, antes do recesso. Atualmente, uma investigação tenta estabelecer quais foram as interferência da Rússia nas eleições à Casa Branca. O processo, chamado "Russiagate", aponta que a equipe de Trump e membros de sua família tiveram contato inapropriado com as autoridades de Moscou, as quais, por sua vez, teriam prejudicado a campanha da adversária Hillary Clinton.   

A imprensa dos EUA também já levantou suspeitas de promessas que o gabinete de Trump teria feito à Rússia para aliviar as sanções. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos