Gosta de Sorvete? Gelato é principal tendência do verão 2017

ROMA, 24 JUL (ANSA) - O sorvete estilo italiano, também conhecido como gelato, é uma das sobremesas mais populares da Itália. Neste ano, o doce tem sido a escolha perfeita dos moradores e turistas para se refrescarem do calor excessivo que tem feito no país europeu.   


A tendência é degustar o gelato cada vez mais natural sem adição de produtos químicos, como aromatizantes, conservantes ou emulsificantes. A receita original consiste numa base líquida, composta por água, leite , açúcar e o sabor desejado, que pode ser de frutas, chocolates e muitas outras opções. No entanto, em alguns lugares a cor do sorvete continua sendo deslumbrante e um dos fatores para a escolha de quem o degusta.   


O gelato "smurf", com cor azul - feito com creme de leite, açúcar, baunilha e corante azul -, ou o sabor crocante, e até mesmo o gelato "preto" são alguns dos sabores mais vendidos.   


Entre as principais tendências também está o sabor "Coconut Ash", que é um gelato de coco com amendôas nas cores preto e branco. Sua fama é tanta, que a imagem do sorvete está entre as fotos mais publicadas no Instagram.   


"Todos os produtos dão ao paladar um sabor refrescante", explica Giancarlo Timbale, presidente da Copa do Mundo de Gelateria, ressaltando que os sabores limão, gengibre, hortelã, coco, maracujá e manga são os mais recomendados na época do calor.   


A Itália vive um dos verões mais quentes dos últimos anos, o que leva os italianos e turistas a consumirem mais gelato do que o habitual. De acordo com o Sigep (Salão Internacional de Sorveteria, Confeitaria e Panificação), estima-se que o consumo de sorvete caseiro cresceu cerca de 10%.   


Para o especialista em gelato, Sergio Colalucci, os primeiros sabores escolhidos são os "extravagantes, porque o mercado está com fome de sorvete bem feito, natural e saudável, que respeite intolerâncias alimentares".   


"Nossa produção de sorvete é feita principalmente a partir de sabores clássicos. Pistache é um dos mais vendidos", acrescentou Colalucci reforçando que o chocolate também é uma das paixões nacionais.   


Outro sabor excêntrico, mas que conquistou os paladares foi o gelato de açafrão, que até chegou a ser exportado para o Egito.   


Por sua vez, em Amsterdam, os picolés são feitos apenas com quatro ingredientes: hortelã, melancia, limão e gengibre.   


O mercado mundial de gelato italiano tem um lucro de mais de 15 bilhões de euros, com um crescimento médio de 4% por ano. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos