Incêndios continuam na Itália e atingem bairro de Roma

ROMA, 25 JUL (ANSA) - Em meio a um dos verões mais secos dos últimos anos na Itália, chamas em um matagal repleto de lixo levaram nesta terça-feira (25) a série de incêndios que atinge o centro-sul do país para dentro da capital Roma.   

O fogo cobriu uma área de mato seco no bairro de EUR, no sul da "cidade eterna", causando preocupação na população romana.   

Cidadãos que residem na região reclamam de um intenso odor acre e de uma fumaça densa, já que o matagal tinha acúmulo de resíduos.   

Outro incêndio foi registrado na zona de Tuscolana, causando o fechamento de vias de trânsito. Além disso, o pinhal situado no parque urbano de Castelfusano, na divisa com a cidade de Ostia, voltou a pegar fogo. No início da semana passada, a prefeita de Roma, Virginia Raggi, já havia denunciado uma situação de "desastre ambiental" no local.   

Nesta terça, ela cobrou apoio do governo nacional para combater as chamas. "O pinhal de Castelfusano está novamente em chamas.   

As equipes estão trabalhando para apagar esse enésimo incêndio, é preciso controlar a área 24 horas por dia, pois, caso sejam incêndios dolosos, não se pode intervir apenas apagando o fogo.   

É necessário um suporte do governo, a situação é grave", disse.   

Além dos incêndios, a "cidade eterna" ainda convive com a ameaça de um racionamento de água por causa do baixo nível do reservatório do lago de Bracciano, o oitavo maior da Itália em extensão.   

O verão de 2017 tem sido o mais rigoroso dos últimos anos no país, com a sensação térmica frequentemente acima dos 40ºC.   

(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos