Após 3 anos, estado de Ohio volta a executar pena de morte

NOVA YORK, 26 JUL (ANSA) - As autoridades de Ohio, nos Estados Unidos, voltaram a executar a pena de morte nesta quarta-feira (26) após mais de três anos de suspensão desse tipo de condenação.   

Com uma injeção letal, Ronald Phillips foi executado por ter estuprado e assassinado a filha de três anos de sua companheira em 1993. A execução foi realizada no Centro Correcional do Sul, que fica em Lucasville. As últimas palavras de Phillips, que tinha 43 anos, foi que "elas não mereciam o que eu fiz".   

A pena de morte havia sido suspensa em Ohio em 2014 quando, ao executar Dennis McGuire com uma injeção letal, ele demorou 26 minutos para falecer.   

Os EUA já executaram 15 pessoas em 2017 e é o 1.457 a morrer nas mãos do Estado desde que a pena de morte voltou a ser liberada no país, há cerca de 40 anos. (ANSA)E
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos