Cartola espanhol preso renuncia a cargos na Fifa e Uefa

GENEBRA, 27 JUL (ANSA) - O ex-presidente da Real Federação Espanhola de Futebol (Rfef) Ángel María Villar, preso neste mês em um escândalo de corrupção, renunciou a seus cargos na Fifa e na Uefa.   


Villar era vice-presidente da entidade máxima do futebol mundial e membro do conselho diretivo da confederação europeia, onde estava havia 25 anos. Apesar disso, ele continua formalmente ligado à Rfef, embora tenha sido afastado de sua presidência.   


O cartola de 67 anos foi preso no último dia 18 de julho, acusado de apropriação indébita e uso de documentos falsos na organização de partidas internacionais da seleção espanhola, cuja arrecadação teria beneficiado empresas de seu filho. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos