Prefeito de Milão tem proteção reforçada contra neofascistas

MILÃO, 27 JUL (ANSA) - O prefeito de Milão, Giuseppe Sala, teve sua segurança reforçada contra possíveis manifestações futuras do grupo neofascista CasaPound.   

A decisão foi tomada pela Polícia de Estado, que iniciou uma "atividade preventiva de vigilância" nos lugares que recebem eventos públicos com Sala. No entanto a corporação garantiu que o prefeito não está "sob escolta".   

"É uma decisão da Polícia que aceito com tranquilidade. Espero que seja só por um momento", declarou Sala. Perguntado se recebeu alguma ameaça concreta, respondeu: "Prefiro não comentar".   

Recentemente, em maio, membros do CasaPound invadiram uma coletiva de imprensa da prefeita de Roma, Virginia Raggi, que pertence a um partido rival (Movimento 5 Estrelas) da legenda do chefe municipal de Milão (Partido Democrático).   

O grupo neofascista vem cobrando reiteradamente a renúncia dos prefeitos das duas maiores cidades da Itália. "Tomamos consciência de que, para a Polícia de Milão, uma legítima ação de opção política, levada adiante com os legítimos instrumentos da política, é um ato alarmante e perigoso", disse o presidente do CasaPound, Gianluca Iannone, em uma página no Facebook.   

Além disso, o movimento negou ter feito qualquer ameaça a Sala.   

O grupo é famoso por suas manifestações contra imigrantes, ciganos e a integração europeia, mas tem pouca representatividade nas instituições. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos