Bombardeiros dos EUA sobrevoam península da Coreia

ROMA, 30 JUL (ANSA) - Dois bombardeiros supersônicos da Força Aérea dos Estados Unidos sobrevoaram no último sábado (29) a península da Coreia, em resposta ao lançamento de um míssil intercontinental feito pela Coreia do Norte no dia anterior.   

Os jatos modelo B-1B decolaram da base aérea norte-americana em Guam, no oceano Pacífico, e voaram em baixa altitude sobre uma área militar na Coreia do Sul usada por caças do país asiático e do Japão.   

"A Coreia do Norte é a ameaça mais urgente para a estabilidade regional", disse o comandante das Forças Aéreas do Pacífico (Pacaf), general Terrence J. O'Shaughnessy. "Se formos chamados, estaremos prontos a responder com força rápida, letal e esmagadora no momento e no lugar de nossa escolha", acrescentou.   

Os bombardeiros ainda participaram de um treinamento militar de 10 horas com Coreia do Sul e Japão. Na última sexta-feira (28), Pyongyang realizou seu segundo teste bem sucedido com um míssil balístico intercontinental (ICBM, na sigla em inglês), que percorreu 1 mil quilômetros antes de cair no mar.   

Segundo o líder norte-coreano, Kim Jong-un, o projétil é capaz de atingir qualquer parte do território continental dos Estados Unidos. Seu objetivo agora é dominar a tecnologia para armar o míssil com uma ogiva nuclear e aumentar seu poder de ameaça.   

(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos