Candidato a Constituinte na Venezuela é morto a tiros

CARACAS, 30 JUL (ANSA) - Um candidato à Assembleia Constituinte da Venezuela foi assassinado a tiros na noite do último sábado (29), em sua casa no município de Ciudad Bolívar, no nordeste do país.   

O político se chamava José Félix Pineda, tinha 39 anos, era advogado e apoiava o chavismo. Segundo o Ministério Público, um "grupo de pessoas" entrou na residência do candidato e "o atingiu com vários disparos".   

No entanto, o órgão não deu informações sobre a possível motivação do crime. O número de pessoas assassinadas em quatro meses de manifestações contra o governo na Venezuela já passa de 110.   

Neste domingo (30), o país vai às urnas para eleger os 545 membros da Constituinte convocada por Maduro, apesar de a oposição pregar um boicote. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos