Ex-ministro do Petróleo é o novo premier do Paquistão

ISLAMABAD, 1 AGO (ANSA) - O Paquistão elegeu nesta terça-feira (1) o ex-ministro Shahid Khaqan Abbasi como o novo primeiro-ministro do país. Ele recebeu 221 votos da Assembleia Nacional, contra 47 votos conquistados por seu adversário, Syed Naveed Qamar.   

Na sexta-feira passada, a Suprema Corte do Paquistão decidiu afastar do cargo o então premier Nawaz Sharif, acusado de corrupção no escândalo revelado pelo "Panama Papers". Abbasi, de 56 anos de idade, será o 26º primeiro-ministro do Paquistão. Grande expoente do partido governista, a Liga Muçulmana do Paquistão-N (PML-N), ele já foi ministro do Petróleo e de Recursos Naturais do governo de Sharif entre os anos 2013 e 2017.   

O novo premier, porém, ficará no cargo por apenas 45 dias, em um mandato temporário, até que Shahbaz Sharif, irmão mais jovem do líder destituído, assumirá o governo como seu sucessor. Shabaz Sharif tem 65 anos de idade e é atualmente governador de Punjab. Para virar premier, ele precisa renunciar ao cargo atual e ser eleito ao Parlamento em um pleito supletivo. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos