Senado dos EUA aprova nomeação de novo diretor do FBI

NOVA YORK, 01 AGO (ANSA) - O Senado dos Estados Unidos aprovou nesta terça-feira (1º) a indicação do advogado e ex-assistente da Procuradoria-Geral Christopher Wray como novo diretor do FBI.   

Seu nome recebeu 92 votos favoráveis e apenas cinco contrários, o que mostra um amplo consenso entre republicanos e democratas.   

Wray substitui James Comey, demitido pelo presidente Donald Trump em maio passado.   

No comando do FBI, ele participará das investigações sobre as supostas influências da Rússia nas eleições norte-americanas de 2016. O próprio Trump é um dos alvos do inquérito, que desde a demissão de Comey é liderado pelo procurador especial Robert Mueller.   

Apesar disso, em sua sabatina no Senado, Wray garantiu que não jurará lealdade ao presidente e que renunciará caso sofra pressões para interromper uma investigação. Com 50 anos, ele é formado em direito na Universidade Yale e foi assistente da divisão criminal da Procuradoria-Geral dos EUA entre 2003 e 2005.   

Depois de atuar no governo, Wray passou a se dedicar à iniciativa privada, especializando-se em casos de crimes de colarinho branco. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos