Calor aumenta atendimentos hospitalares na Itália em 15%

ROMA, 02 AGO (ANSA) - A onda de calor que atinge a Itália desde o início da semana, com a sensação térmica chegando a 50ºC em algumas regiões, provocou um aumento de até 15% no número de pessoas atendidas nos prontos-socorros das grandes cidades por causa dos efeitos das altas temperaturas.   

Na capital Roma, por exemplo, os termômetros chegaram a 40ºC nesta quarta-feira (2), mesmo índice registrado em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos. Já em Milão, no norte da Itália, a temperatura ficou em 35ºC, enquanto na também setentrional Verona a máxima foi de 36,7ºC.   

"Neste período de calor tórrido, está havendo nos prontos-socorros italianos uma média de 10% a mais nas entradas, sobretudo nas grandes cidades metropolitanas, onde chega-se a picos de crescimento de 15%", disse à ANSA Maria Pia Ruggieri, presidente da Sociedade Italiana de Medicina de Emergência e Urgência (Simeu).   

O calor tem afetado principalmente a ilha da Sardenha, que, na última terça-feira (1º), registrara sensação térmica de 50ºC e, nesta quarta, temperaturas de até 43ºC. "O número maior de entradas deriva da desidratação e da recorrência de patologias já presentes, como descompensação cardíaca e insuficiência respiratória", acrescentou Ruggieri, ressaltando que os mais vulneráveis são idosos e pessoas em situação de isolamento ou pobreza.   

Ela ainda recomendou evitar sair de casa nas horas mais quentes, beber bastante água e comer muitas frutas. Outro efeito colateral das altas temperaturas é a crise hídrica, agravada pela elevada presença de turistas na Itália nesta época do ano.   

Segundo o ministro de Políticas Agrícolas Maurizio Martina, pelo menos 10 regiões do país ameaçam entrar em estado de calamidade por causa da escassez de água: Calábria, Emília-Romana, Lazio, Marcas, Molise, Puglia, Sardenha, Sicília, Toscana e Vêneto, além da província autônoma de Trento, no Trentino-Alto Ádige.   

A onda de calor deve continuar até pelo menos o próximo domingo (6), com perspectiva de aumento das temperaturas nesta quinta-feira (3). (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos