'Foi a decisão mais difícil da minha vida',diz Neymar no PSG

SÃO PAULO, 4 AGO (ANSA) - Após grande expectativa, o craque brasileiro Neymar foi apresentado oficialmente nesta sexta-feira (4) pelo Paris Saint-Germain (PSG) e admitiu que a transferência do Barcelona para a capital francesa foi "a decisão mais difícil" da sua vida. Neymar também negou que tenha aceitado a oferta do PSG apenas por dinheiro ou em busca de protagonismo. "Foi uma das decisões mais difíceis que tomei na minha vida, por estar bem adaptado na cidade de Barcelona, por ter amigos e jogadores fantásticos lá. Foi um momento de muita tensão, de pensar no que fazer da minha vida", contou Neymar, em uma coletiva de imprensa no Parque dos Príncipes e sentado ao lado do presidente do PSG, Nasser Al-Khelaïfi.   


"Claro que ali deixei amigos, mas eu fico muito feliz, porque o futebol e a nossa vida passam muito rápido. Criar amizade por onde você passa é mais importante que qualquer coisa", confessou o brasileiro.   


PSG e Barcelona confirmaram ontem a transferência de Neymar, que é a mais cara da história do futebol, de 222 milhões de euros. O brasileiro receberá um salário de 500 mil euros semanais (cerca de R$ 2 milhões), com contrato até 2022. Questionado sobre os fatores que o levaram a aceitar a proposta do PSG, já que o clube tentara no ano passado contratar Neymar, o craque contou que "sentiu que agora era o momento certo".   


"A ambição que o clube tem, de sempre querer vencer, de buscar um novo desafio, é bem parecida com a minha. Meu coração me disse que estava na hora de assinar com o PSG e, então, eu fiz isso"", disse Neymar. "É muito diferente se falar de protagonismo, não é isso que eu quero nem vim buscar. Eu vim buscar novos títulos e novos desafios".   


Nasser Al-Khelaïfi, porém, demonstrou irritação ao ser indagado pelos jornalistas pelo valor de 222 milhões de euros da contratação e se a compra de Neymar teria sido uma "vingança" contra o Barcelona. "Hoje vocês se perguntam se a transferência foi cara demais.   


Daqui três anos, vocês vão questionar isso? Eu tenho certeza que a gente vai arrecadar mais dinheiro do que gastou. Vamos arrecadar do primeiro ao último dia. Não teremos problema com a Uefa na questão financeira. Somos muito fortes financeiramente e respeitamos as regras do setor financeiro", defendeu-se. Já Neymar garantiu que nunca "foi movido a dinheiro". "Nunca fui movido a dinheiro, não foi a primeira coisa que eu pensei.   


Eu sempre penso na minha felicidade e na da minha família. Só tenho que lamentar as pessoas que pensam dessa forma e agradeço o PSG por acreditar no meu potencial", disse. "Eu não fiz nada de errado e fico triste com os torcedores, maioria ou minoria, não sei, que pensam dessa forma. Todo jogador tem o direito de querer ficar ou querer embora. Não somos robôs que têm que ficar ali obrigados", afirmou Neymar sobre as críticas que recebeu por ter deixado o Barcelona.(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos