Tatuagem sobre sequestro de Madeleine McCann gera polêmica

MADRI, 4 AGO (ANSA) - Um grupo de ingleses provocou uma polêmica na Espanha por tatuar em seus corpos a frase "eu sequestrei Maddie McCann", em referência ao caso - ainda sem solução - do desaparecimento da menina britânica Madeleine há 10 anos.   

As tatuagens foram feitas na localidade turística de Magaluf, em Maiorca, e geraram críticas de jornais espanhois e de internautas nas redes sociais. Um funcionário de um estúdio de tatuagem local, no entanto, disse que é comum que turistas embriagados façam tatuagens no corpo com inscrições bizarras e até ofensivas durante a madrugada. "A gente tatua porque é nosso trabalho", afirmou.   

O prefeito Antoni Noguera decidiu adotar medidas para evitar este tipo de turistas e pediu para países europeus "não enviarem pessoas assim" para Magaluf.   

Madeleine McCann desapareceu em 3 de maio de 2007, enquanto passava férias com sua família em Algarve, Portugal. Ela tinha 3 anos de idade e até hoje a polícia britânica não conseguiu encontrá-la ou solucionar o caso. Os pais da menina tinham saído para jantar e deixado a criança com dois irmãos em um quarto de hotel. Quando voltaram, não encontraram Madeleine. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos