Militares se rebelam em quartel na Venezuela;governo prende 7

CARACAS, 6 AGO (ANSA) - Em mais um capítulo de tensão na Venezuela, militares da base de Forte Paramacay, no norte do país, fizeram uma rebelião neste domingo (6) contra o governo de Nicolás Maduro. A informação foi repassada à imprensa por um dos maiores líderes do partido governista, Diosdado Cabello, que afirmou que "terroristas mercenários" se infiltraram no local.   

"Ao amanhecer, os terroristas entraram no Forte Paramacay, em Valencia. Diversos terroristas foram presos", informou Cabello através das redes sociais. Já a oposição informa que o grupo de militares liderados pelo capitão Juan Caguaripano tomou a atitude "não como um golpe de Estado, mas para restabelecer a ordem constitucional no país".   

Horas após o levante, o governo informou que sete militares foram presos por causa da ação. A polícia venezuelana também repreendeu com violência um protesto próximo à base militar onde ocorreu a revolta e diversos manifestantes ficaram feridos.   

(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos