Itália descobre grupo de bombeiros que provocava incêndios

RAGUSA, 7 AGO (ANSA) - A polícia italiana descobriu um esquema de fraude envolvendo bombeiros da cidade de Ragusa, na Sicília, os quais provocavam incêndios apenas para receberem o pagamento de horas extras.   

De acordo com a investigação conduzida pela Polícia de Estado, um grupo de 15 bombeiros causava incêndios propositais e simulava chamados de emergência. Eles faziam isso para serem acionados pela corporação e receberem o pagamento de 10 euros pora hora extra trabalhada. Os crimes foram cometidos durante 2013 e 2015. Os bombeiros admitiram às autoridades que saíam de seus postos, com a cumplicidade dos colegas de trabalho, para atearem fogo em vários lugares. O escândalo veio à tona em um momento em que a Itália sofre recordes de calor, com maior incidência de incêndios florestais.   

(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos