Em clima de tensão, Quênia elege novo presidente

ROMA, 8 AGO (ANSA) - O Quênia realiza nesta terça-feira (8) eleições presidenciais, em um duelo apertado entre o atual mandatário, Uhuru Kenyatta, e o líder opositor Raila Odinga. Kenyatta e Odingas já se enfrentaram nas eleições de 2013 e agora reeditam a disputa, em um clima de tensão e de grave desemprego no país. Apesar do Produto Interno Bruto (PIB) do Quênia crescer por volta dos 6% ao ano, mais de 40% da opulação ainda vive abaixo da linha da pobreza. O ex-presidente norte-americano Barack Obama, filho de um economista queniano, fez um chamado ontem para evitar todo o tipo de violência durante os comícios. As eleições no Quênia costumam ser decididas por grupos étnicos, mais que por ideologias políticas. Cerca de 20 milhões de eleitores estão habilitados a votar.   

Em 2007, quando os candidatos Mwai Kibaki e Odinga se enfrentaram nas urnas, uma série de confrotos deixou mil mortos e obrigou 600 mil pessoas a deixarem suas casas. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos