Polícia investiga homicídio em morte de nadador italiano

MODENA, 8 AGO (ANSA) - A Procuradoria de Modena, na Itália, abriu nesta terça-feira (8) uma investigação por homicídio culposo (quando não há intenção) sobre a morte do nadador italiano Mattia Dall'Aglio, 24 anos, ocorrida no último domingo (6).   


O atleta morreu durante um treinamento em um ginásio de Modena. "A Procuradoria abriu uma investigação na sequência da morte do nadador e se trabalha com a hipótese de homicídio culposo.   


Daremos também a intimação para depor para um ou mais investigados", informou a procuradora-chefe de Modena, Lucia Musti.   


A primeira suspeita é de que Dall'Aglio tenha sofrido um infarte fulminante durante o treino e nenhum medicamento foi encontrado no local. De acordo com Musti, as autoridades aguardam os resultados da autópsia para verificar se o nadador ingeriu algum medicamento "que possa ter provocado, junto a outros fatores".   


"Em primeiro lugar, vamos avaliar a saúde do garoto, que mesmo sendo um atleta e jovem, pode ter algo, falo sempre em hipótese, de ter uma anomalia congênita da qual ninguém sabia e sobre como ocorreram outros fatos análogos ao ocorrido", disse ainda Musti.   


O corpo de Dall'Aglio foi encontrado por um bombeiro, já que o local de treinamento, que não era um estádio certificado, era ao lado de uma estrutura da Corporação. O profissional tentou reanimá-lo com o uso de desfibriladores, mas nada pode ser feito.   


Dall'Aglio participava de diversas competições nacionais e internacionais e tinha se formado recentemente em Economia.   


(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos