Homem atropela grupo de militares antiterrorismo na França

PARIS, 9 AGO (ANSA) - Um homem atropelou um grupo de militares da operação antiterrorismo Sentinelle nesta quarta-feira (9) em Levallois-Perret, próximo a Paris. Ao todo, seis agentes ficaram feridos, sendo dois em estado grave, e a polícia faz uma megaoperação para localizar o motorista.   

O que se sabe até o momento é que o carro atingiu o grupo em alta velocidade por volta das 8h15 (hora local) e o homem que o guiava fugiu em uma BMW. "Nenhuma pista foi excluída: um ato terrorista, um gesto de um desiquilibrado ou um simples acidente de trânsito", informam os investigadores em nota. O jornal "Le Monde" informa que testemunhas afirmam que o "homem estava sozinho, não disparou e não disse uma palavra que poderia ligá-lo a uma organização jihadista".   

Já o prefeito de Levallois-Perret, Patrick Balkany, destacou em entrevista à emissora "BFM-TV", que esse foi um "ato odioso deliberado, sem dúvidas".   

A França está sob estado de emergência desde novembro de 2015, quando o grupo terrorista Estado Islâmico realizou uma série de atentados que mataram 130 pessoas e feriram mais de 350. No mês passado, no entanto, o presidente do país, Emmanuel Macron, prometeu revogar o estado de emergência até o fim deste ano. A situação extraordinária permite que a polícia tenha "poderes" especiais para realizar detenções e operações de busca e apreensão por todo o território. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos