Autópsia confirma parada cardíaca em nadador italiano

MODENA, 10 AGO (ANSA) - A autópsia do nadador italiano Mattia Dall'Aglio, morto enquanto fazia musculação em uma academia na cidade de Modena, no norte do país, concluiu que a causa do falecimento foi uma parada cardiovascular. O atleta tinha 24 anos.   


O resultado do exame, realizado no Hospital Policlínico de Modena, foi divulgado nesta quinta-feira (10), mas não conseguiu apontar a hora exata do óbito. O coração de Dall'Aglio será enviado a um centro especializado em Pádua para se esclarecer com precisão a dinâmica da morte.   


O corpo do nadador foi encontrado no último domingo (6), em uma sala usada como academia ao lado da piscina do quartel do Corpo de Bombeiros em Modena.   


Como o local não tinha autorização para funcionar como centro de treinamento, duas pessoas estão sendo investigadas por homicídio culposo (quando não há intenção de matar): o presidente da associação "Amici del Nuoto" (Amigos da Natação), que administra a estrutura, e um técnico da entidade.   


Dall'Aglio chegou a defender a seleção italiana de natação nas Universíadas de 2015, em Gwangju, na China, quando obteve um quarto lugar no revezamento 4x100m estilo livre. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos