Papa usa férias para tratar de dor no nervo ciático

CIDADE DO VATICANO, 10 AGO (ANSA) - Aos 80 anos de idade, o papa Francisco dedicou o mês de julho, período de férias do líder da Igreja Católica, para cuidar da saúde.   

Além de colocar suas leituras em dia e aproveitar para acordar algumas horas mais tarde, o Pontífice argentino usou as últimas semanas para passar por um tratamento contra as dores no nervo ciático que o incomodam há vários anos.   

Por recomendação de seu médico pessoal, Jorge Bergoglio foi submetido a duas sessões semanais de massagens e injeções para aliviar o desconforto na perna. Desde que era arcebispo de Buenos Aires, Francisco não tem o hábito de tirar férias, mas há dois anos ele vem usando esse período de descanso para cuidar da saúde e se preparar para os compromissos dos meses seguintes.   

Em julho de 2013, quando voltava do Brasil, primeiro destino internacional de seu pontificado, o Papa foi perguntado sobre qual era a pior coisa que lhe tinha acontecido desde que assumira o trono de Pedro. "A pior coisa, me desculpe, que me ocorreu é o ciático, de verdade", respondeu Bergoglio. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos