PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Número de mortos em atentados na Espanha sobe para 16

27/08/2017 11h04

ROMA, 27 AGO (ANSA) - Uma mulher de origem alemã de 51 anos anos de idade que estava entre os feridos do atentado terrorista em Barcelona morreu neste domingo (27), elevando para 16 o balanço geral de vítimas. De acordo com o jornal espanhol "La Vanguardia", a mulher estava internada no Hospital Del Mar. No dia 17 de agosto, um terrorista lançou uma van contra centenas de pedestres no famoso calçadão de Las Ramblas, em Barcelona. No mesmo dia, um carro com cinco extremista tentou furar um bloqueio policial e atropelou civis em Cambrils. Ao todo, 16 pessoas morreram nos dois atentados e mais de 100 ficaram feridas.   

Das vítimas, 14 estavam em Las Ramblas, uma em Cambrils e outra era o cidadão espanhol Pau Pérez, dono do carro usado pelos terroristas e que foi apunhalado pelos jihadistas. Atualmente, há 25 pessoas ainda internadas em hospitais da Espanha devido aos ferimentos nos ataqus, sendo que cinco estão em condições críticas, três em estado grave e 17 com lesões leves. Os atos foram assumidos pelo grupo Estado Islâmico (EI) e faziam parte de um plano de atentado maior que pretendia explodir a Catedral Sagrada Família, símbolo arquitetônico de Barcelona.   

(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Internacional