PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Itália procura 4 homens acusados de estuprar turista em praia

28/08/2017 16h55

RIMINI, 28 SET (ANSA) - A Polícia italiana está em busca de quatro homens, supostamente norte-africanos, acusados de estuprar uma turista polonesa e uma transexual, além de espancar e roubar o amigo da turista, no último sábado (26) em Rimini.   

Para tentar encontrar os acusados, as autoridades criaram uma força-tarefa por toda a região e contam com o apoio do Serviço Central de Operações de Roma, que ajuda na coleta de provas e depoimentos de possíveis testemunhas.   

Segundo uma reconstrução, o crime ocorreu entre a madrugada de sexta-feira (25) e o sábado e começou com os dois amigos que passeavam pela praia de Miramare.   

Os quatro homens, definidos de "pele escura, mas não negros" pelos dois, atacaram a dupla e espancaram o amigo da mulher até ele ficar desacordado. Depois os quatro estupraram a mulher, a agrediram e jogaram o corpo dela na água.   

Após atacar os dois amigos, que estavam com uma excursão na cidade, o grupo atacou uma garota de programa transexual, que é proveniente do Peru, que estava na estrada Statale. A profissional do sexo mora, atualmente, em Roma e estava de férias em Rimini.   

Os três já passaram por exames médicos e prestaram depoimento e tentaram ajudar na identificação dos acusados.   

Já com as investigações em andamento, os policiais identificaram que o grupo tentou cometer o mesmo tipo de crime com um casal de Varese que passeava pela via Vienna também na praia de Miramare.   

O homem de 30 anos e a mulher de 32 informaram que foram ameaçados com uma garrafa de vidro quebrada, mas os dois conseguiram escapar. Eles registraram o caso na delegacia no dia 13 de agosto, poucas horas após passar pelo problema. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Internacional