Estátua de Cristóvão Colombo é 'decapitada' em Nova York

NOVA YORK, 1 SET (ANSA) - Um busto de bronze do navegador e explorador italiano Cristóvão Colombo foi decapitado e pichado no Parque de Yonkers, em Nova York.   

O monumento é mais uma "vítima" do movimento que tem ganhado força nos EUA de destruir estátuas e símbolos de confederados. O movimento eclodiou depois dos episódios de violência em Charlottesville, na Virgínia.   

No pedestal do busto, foi pichado "Não honre o genocídio". Esse é o terceiro monumento do descobridor genovês que foi vandalizado. Anteriormente, uma estátua de Cristóvão no Texas, e outra em Baltimore, haviam sido destruídas.   

O motivo de vandalizarem as estátuas de Cristóvão Colombo é porque o italiano foi considerado um símbolo racista pelos norte-americanos, assim como os "heróis sulistas", que já tiveram diversos monumentos em suas homenagens destruídos.   

No final de agosto, a cidade de Los Angeles cancelou o feriado nacional do Dia de Colombo, substituindo-o para "Dia do Nativo e do Povo Indígena".   

Cristóvão Colombo foi o responsável por liderar a frota que chegou ao continente americano no dia 12 de outubro de 1492.(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos