'Rei da cocaína', mafioso italiano é preso após 25 anos

MONTEVIDÉU, 4 SET (ANSA) - Um dos mafiosos mais procurados pela Itália e há 25 anos foragido, Rocco Morabito, "boss" da 'Ndrangheta, foi preso em Montevidéu, no Uruguai, confirmaram as autoridades nesta segunda-feira (4).   

Ele é um dos cinco criminosos considerados mais perigosos pela Itália. Morabito usava um documento de identidade falso uruguaio e um passaporte brasileiro em nome de Francisco Capeletto. "Após seis meses de intensa atividade de informação e inteligência, foi comprovado que Morabito tinha obtido documentos uruguaios, apresentando uma identificação brasileira com o nome de Francisco Antonio Capeletto Souza, nascido em 14 de janeiro de 1967, no Rio de Janeiro", informaram as autoridades. Morabito, que tinha um mandado de captura da Interpol e já havia sido condenado à revelia a 30 anos de prisão, foi detido em um hotel de Montevidéu, sob acusação de chefiar o tráfico de drogas entre Itália e América do Sul nos anos 1988 a 1994. Além disso, o governo uruguaio citou dois episódios envolvendo o mafioso italiano: a tentativa frustrada de levar 32 quilos de cocaína, em 1993, para a Itália; e o carregamento de 592 quilos de cocaína que saiu do Brasil e foi apreendido em 1992 pelas autoridades italianas.   

A Itália informou que, nos próximos dias, solicitará a extradição do mafioso. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos