Espanha e Marrocos desmantelam célula jihadista em Melilla

MADRI, 6 SET (ANSA) - As autoridades da Espanha e do Marrocos anunciaram nesta quarta-feira (6) que desmantelaram uma célula jihadista na cidade fronteiriça de Melilla e prenderam seis pessoas, incluindo o líder do grupo.   

Segundo o Ministério do Interior da Espanha, os integrantes planejavam atentados nas duas nações e tinham os projetos "em um perigoso estágio de ativação". Os detidos, ainda conforme o Ministério, faziam treinamentos noturnos sobre como fazer o ataque. Um deles era cidadão espanhol e os outros cinco eram marroquinos.   

Já as autoridades marroquinas informaram que os homens treinavam "como degolar pessoas com armas brancas". Eles ainda tinham uma base de treinamento em Nador, cidade marroquina que fica próxima a Melilla.   

Pouco tempo depois do anúncio das detenções, o Partido Popular (PP) informou que o espanhol preso, identificado apenas como Hafid, de 39 anos, era afiliado à sigla política e trabalhava como educador em um centro para menores delinquentes. Ele foi expulso do PP.   

Há pouco menos de um mês, nos dias 17 e 18 de agosto, as cidades de Barcelona e Cambrils foram palco de ações terroristas. Na primeira, em Las Ramblas, 14 pessoas morreram quando um homem avançou com uma van contra centenas de pedestres. Na fuga, o motorista matou um homem e roubou seu carro. Já na segunda, uma mulher faleceu.   

A célula jihadista que atacou o local era formada por 12 pessoas, sendo que oito morreram e quatro foram presos. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos