Putin e Abe debatem crise norte-coreana e falam em colaborar

MOSCOU E PEQUIM, 7 SET (ANSA) - O presidente da Rússia, Vladimir Putin, e o premier japonês, Shinzo Abe, se reuniram nesta quinta-feira (7) em Vladivostok, no extremo leste do território russo, e debateram a crise provocada pela Coreia do Norte na região.   

Segundo Abe, "o Japão e a Rússia concordaram em colaborar de maneira muito estreita sobre a questão da Coreia do Norte, em particular, no Conselho de Segurança das Nações Unidas".   

Apesar de concordarem sobre o risco de um conflito, os dois países têm uma postura diferente quando o assunto é a aplicação de novas sanções ao regime de Pyongyang.   

Putin já afirmou que aplicar novas sanções econômicas não surtirá efeitos em Kim Jong-un. Já os japoneses, assim como os sul-coreanos e os norte-americanos, querem impor mais sanções, especialmente na questão da exportação do petróleo.   

O presidente da Coreia do Sul, Moo Jae-in, afirmou após uma reunião com Abe que quer impor "as mais fortes" medidas contra o líder norte-coreano para que ele pare com os testes com mísseis e bombas nucleares.   

"É tempo de aumentar a pressão sobre o Norte mais do que iniciar o diálogo sob essas condições", disse o porta-voz do presidente de Seul, Yoon Young-chan.   

- Acordos de paz: Segundo a agência russa "Sputnik", Putin e Abe também concordaram em firmar um acordo de paz entre as duas nações após 70 anos da Segunda Guerra Mundial.   

"Firmar o acordo e paz é a coisa mais importante para a relação russo-japonesa. Desta vez, decidimos que seriamos nós que assinaríamos o acordo de paz", disse o premier japonês à agência local.   

Os dois países não firmaram um acordo de paz após o fim do conflito e tem até hoje uma disputa por ilhas próximas às fronteiras das duas nações. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos