Ex-ministro Geddel é preso pela PF após descoberta de bunker

SÃO PAULO, 8 SET (ANSA) - O ex-ministro Geddel Vieira Lima foi preso nesta sexta-feira (8), após a Polícia Federal encontrar um apartamento usado como "bunker" para esconder R$ 51 milhões de propinas recebidas. Geddel foi levado pela Polícia Federal do seu apartamento onde vivia, em Salvador, até o aeroporto Luiz Eduardo Magalhãe. No entanto, a PF não informou o destino do ex-ministro, que atuou nos governos de Luiz Inácio Lula da Silva e Michel Temer. Desde julho deste ano, Geddel cumpria prisão domiciliar por suspeita de tentar interferir nas investigações sobre fraudes na Caixa Econômica Federal, da qual o ex-ministro fora vice-presidente de Pessoa Jurídica entre 2011 e 2013.   


Mas, na última terça-feira (5), a Polícia Federal apreendeu R$ 51 milhões em um apartamento que seria utilizado por Geddel em Salvador como "bunker". A apreensão da quantia fez parte da Operação Cui Bono, que investiga fraudes na liberação de créditos na Caixa. As impressões digitais de Geddel foram encontradas no dinheiro.   


(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos