Papa se reúne com crianças em Medellín e cobra proteção

MEDELLÍN, 9 SET (ANSA) - O papa Francisco visitou a Casa de Família Hogar San Jose, em Medellín, neste sábado (9), uma entidade gerida pela arquidiocese local que atende crianças vítimas da violência e do abandono de familiares e fez um pequeno discurso para os menores.   

"Também o menino Jesus foi vítima do ódio e da perseguição; também ele precisou escapar com sua família, deixar sua terra e a sua casa para fugir da morte", disse o líder católico aos presentes na instituição.   

"Ver as crianças sofrerem faz mal à alma porque as crianças são as preferidas de Jesus. Não podemos aceitar que eles sejam maltratados, que sejam privados do direito de viver a sua infância com serenidade e alegria, que tenham negado o direito de um futuro com esperança", acrescentou.   

Uma das meninas que mora na Casa Hogar, Claudia Yesenia, fez um relato de sua vida para Jorge Mario Bergoglio, que elogiou a "corajosa" menina.   

"Escutando as dificuldades que você passou, veio na memória do meu coração o sofrimento injusto que tantas crianças e meninas em todo o mundo, que foram e ainda são vítimas inocentes da maldade de alguns. Mas, Jesus não abandona ninguém que sofre, muito menos de vocês, meninos e meninas, que são os preferidos dele", finalizou.   

Ao chegar na instituição, cerca de 300 crianças receberam o Pontífice e duas delas entregaram flores ao líder católico para homenagear São José. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos