Papa diz que falou 'alto e claro' sobre crise na Venezuela

AVIÃO PAPAL, 11 SET (ANSA) - Durante o voo de volta da Colômbia para Roma, o papa Francisco foi abordado por jornalistas sobre a crise na Venezuela e sobre as críticas feitas pelo presidente do país, Nicolás Maduro, aos bispos locais.   

"Acredito que a Santa Sé falou forte e claramente. Aquilo que diz o presidente Maduro, que ele explique. Não sei o que ele tem na cabeça", disse aos jornalistas sobre as críticas.   

"A Santa Sé enviou um núncio de primeiro nível, depois ele falou com pessoas de lá, falou publicamente. Eu, tantas vezes, falei no Angelus sobre a situação. Buscando sempre um caminho de saída, ajudando, oferecendo uma ajuda para sair disso. Me parece que a coisa está muito difícil", lamentou ainda.   

Ontem (10), durante o Angelus, a Venezuela foi o tema principal da cerimônia. Jorge Mario Bergoglio pediu tanto o fim da violência "com fundo político", como elogiou a Colômbia por abrigar milhares de venezuelanos que fugiram de seu país.   

Desde que a crise começou a se agravar muito rapidamente, no ano passado, o Papa enviou um representante para o grupo de negociadores internacionais para tentar fazer o governo Maduro e a oposição entrarem em um consenso.   

No entanto, após meses de conversas, as negociações fracassaram sob a acusação dos opositores de que Maduro não cumpria com o que era acordado.   

Especialmente, as críticas recaiam sobre o fato do presidente não convocar eleições gerais, como previa a Constituição, libertar os presos políticos e permitir a existência de "corredores humanitários" para a passagem de alimentos e remédios.   

Além disso, o Vaticano - assim como a maioria dos governos ocidentais - condenou a convocação de uma Assembleia Constituinte para reescrever a Carta Magna no país.   

"O que mais é doloroso é o problema humanitário. As pessoas escapam ou fogem. Um problema humanitário que devemos ajudar a resolver de qualquer maneira. Acredito que as Nações Unidas devam marcar presença ali para ajudar", acrescentou. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos