Hamas aceita condições para se 'reconciliar' com ANP

RAMALLAH E TEL AVIV, 18 SET (ANSA) - O grupo Hamas, que desde 2007 controla o governo e o poder na Faixa de Gaza, declarou que aceitou integralmente as condições impostas pela "rival" Autoridade Nacional Palestina (ANP) para a reconciliação. Atualmente, a ANP é controlada pelo al-Fatah, do presidente palestino, Mahmoud Abbas.   

Entre os pontos aceitos pelo Hamas, estão a convocação de eleições gerais - que não ocorrem desde 2006 - nos territórios de Gaza e Cisjordânia - e a dissolução do "comitê administrativo" da Faixa de Gaza.   

O processo de negociação da reconciliação entre os palestinos foi liderado pelo Egito. Segundo o ex-ministro palestino Ashraf al-Ajrami afirmou que essa "mudança" será positiva "se no horizonte houver uma reconciliação verdadeira".   

"Se se tratar de um acordo concreto, sairá de Abbas uma resposta positiva", acrescentou al-Ajrami. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos