ONU cobra proteção de comunidades indígenas no Brasil

SÃO PAULO, 21 SET (ANSA) - A Comissão Interamericana de Direitos Humanos (Cidh) e o Escritório Regional para América do Sul do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Direitos Humanos (Acnudh) divulgaram uma nota conjunta nesta quinta-feira (21) em que cobram a proteção das comunidades indígenas no Brasil.   


As duas entidades expressaram preocupação por conta das recentes denúncias de que tribos estão sofrendo atos de violência e criticaram o desamparo que muitos desses povos sofrem constantemente.   


"A Comissão e o Acnudh observam com preocupação que a região enfrenta atualmente uma situação caracterizada pelo aumento das incursões e de atos de violência contra as comunidades indígenas em isolamento voluntário e contato inicial na região do Vale do Javari", diz a nota lembrando das matérias jornalísticas que apontam que 10 indígenas tenham sido assassinados na região.   


As entidades ligadas à ONU ressaltam que os estados já se "comprometeram a garantir o direito dos povos indígenas isolados", que tem o direito de permanecer nessa condição e viver sua própria cultura. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos