PF indicia Joesley e Wesley Batista por manipulação de mercado

SÃO PAULO, 21 SET (ANSA) - Os irmãos empresários Joesley e Wesley Batista, sócios da holding J&F, foram indiciados nesta quinta-feira (21) pela Polícia Federal pelos crimes de manipulação de mercado e uso indevido de informação privilegiada, com agravo de abuso de poder de controle e administração.   


Os dois eram investigados no âmbito da operação Tendão de Aquiles e já estão cumprindo pena de prisão preventiva.   


Segundo a investigação, Joesley cometeu crime na venda de ações da JBS S.A. pela controladora FB Participações e Wesley é acusado de crimes na venda e compra de ações da JBS S.A. e na aquisição de contratos em dólares.   


A PF verificou que os dois sócios tiveram lucros no mercado antes de firmarem o acordo de delação premiada com a Procuradoria-Geral da República. Assim que as informações vieram público, o dólar teve uma grande valorização e a empresa teve ganhos milionários. Agora, o Ministério Público Federal apresentará uma denúncia contra os dois à Justiça. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos